Feeds vídeo dos UAVs americanos em claro

Os UAVs americanos, usados tipicamente em operações de vigilância no Iraque, Afeganistão e Somália, não são assim tão "stealth" como se pensava. Aparentemente os vídeos emitidos pelos UAV não são cifrados e é possível interceptá-los com equipamento de valor inferior a 20 euros. O mais problemático é que este bug poderá permitir a localização destas aeronaves.

Mais informações em:
http://online.wsj.com/article/SB126102247889095011.html

http://www.dailytech.com/Insurgents+Intercept+US+Military+UAV+Feeds+with+26+Software/article17168.htm