Ciber-ataques ao vivo

A Check Point criou um mapa que permite visualizar os ataques que os seus sensores estão a observar em cada momento: https://www.threat-cloud.com/ThreatPortal/#/map

"O Mapa tem por base a inteligência da solução ThreatCloudTM, a maior rede de colaboração da indústria, para lutar contra o cibercrime, que proporciona dados sobre ameaças e tendências de ataques através de uma rede mundial de sensores dedicados. A base de dados da Threatcloud conta com mais de 250 milhões de endereços analisados para a descoberta de bots, mais de 11 milhões de assinaturas de malware e mais de 5,5 milhões de websites infectados, permitindo a identificação de milhões de tipos de malware diariamente.

Entre as estatísticas chave incluídas diariamente no Mapa ThreatCloud encontram-se:

  • Os 10 principais países de origem dos ciberataques
  • Os 10 principais países de destino dos ciberataques
  • Tipologias de ataque (Comunicação de bots, acesso a fontes maliciosas, transferência de ficheiros maliciosos, spam)
  • Total de ataques diários
  • Dados específicos de cada país, onde se mostram as médias de infecção e tipos de ciberataques mais comuns, por semanas e meses."



notícia completa na